POR:

Fácil Comunicação

Eleições 2020: o que muda e como o marketing e a comunicação podem ser decisivas?

TAGS:

Com o avanço da internet e das mídias digitais, tão decisivas nas últimas campanhas eleitorais, os pré-candidatos das eleições 2020 devem ficar atentos ao planejamento de uma estratégia correta quando o assunto é marketing e comunicação política. O foco de qualquer postulante é defender uma causa e propagar sua imagem de forma atraente para conquistar eleitores e criar sua rede de ideais.

O que está em jogo agora são as novas regras. Com o fim das coligações, a propaganda paga na internet, já liberada em 2018, será mais presente nas eleições municipais do próximo ano. A estratégia por segmentação chega mais rápido aos que estão engajados por uma causa, mapeando o funil de comportamento nas mídias digitais, atualmente bem peculiar ao investir em postagens patrocinadas (impulsionamentos).

Mais mudanças chegam com a minirreforma de 2017, ao alterar a lei das eleições e o código eleitoral, entre elas estão:

ampliação do número de candidatos que cada partido poderá lançar;

fim das coligações proporcionais;

redução do tempo de domicílio eleitoral,

criação do fundo especial de financiamento de campanha.

Entre as mudanças para vereador, com o fim da coligação, os partidos poderão se juntar apenas na eleição para prefeito. Dessa forma, os vereadores concorrem isoladamente, o que fortalece os partidos maiores. O fundo especial de financiamento para vereador com doações de pessoa física, até 10% do rendimento bruto ao ano anterior, podendo ser por financiamento coletivo (crowdfunding) e as mudanças com a cláusula de barreira, em vigor desde 2018, serão algumas das novidades no pleito municipal.

E O QUE MUDA MAIS:

– Partidos poderão lançar até 150% do número de vagas disponíveis na Câmara Municipal, não os 200% como era antes;

– Já o domicílio eleitoral, o candidato deve possuir pelo prazo mínimo de seis meses;

– Filiação partidária, também são seis meses antes da eleição,

– Data da eleição 2020 para primeiro turno será no dia 4 de outubro, segundo turno no dia 25 de outubro.

CALENDÁRIO ELEITORAL

O calendário eleitoral do pleito de 2020 será divulgado em janeiro próximo pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), podendo ter novidades até outubro, com todos os prazos, tais como:

01/01/2020 – Pesquisas passam a ser obrigatoriamente registradas pelo Tribunal Superior Eleitoral/Tribunal Regional Eleitoral;

1/4/2020 – TSE começa a promover propaganda institucional no rádio e na televisão;

5/7/2020 – Os políticos podem começar a fazer propaganda intrapartidária;

31/8/2020 – Início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão;

4/10/2020 – Votação para primeiro turno,

28/10/2020 – Votação para segundo turno.

MARKETING ELEITORAL É DECISIVO

Afinal, se você pretende ser um candidato a vereador ou a prefeito, qual o seu planejamento para vencer as eleições? Qual sua causa? Como pretende divulgar o trabalho, seus ideais, sua marca e os valores que fazem a diferença na campanha?

A Fácil Comunicação faz campanhas municipais vencedoras, seja para vereador ou prefeito. Está na hora de usar a comunicação política como aliada e fortalecer a sua imagem enquanto há tempo para conquistar seu objetivo, vencer as eleições de forma planejada, estratégica, contando uma boa história.

Atenção especial aos inúmeros meios que decidem uma eleição, seja na construção do discurso e nos diversos canais de propagação, no marketing, na publicidade off-line, na mídia social e suas ferramentas, na assessoria de imprensa, ou nas pesquisas que darão o direcionamento de como e quando começar.

Conheça as campanhas já realizadas pela Fácil Comunicação. Quer saber mais? Entre em contato conosco: (84) 3217-7989.